Bem-vindo á Clínica Dieckmann

Central 24 horas : (11) 4063-9711
  WhatsApp : (11) 992 704 095

Dr. Luiz Dieckmann – Mega TV

Informação: Entrevista Megatv – Reportagem sobre Depressão – Maio de 2014 – Luiz Henrique Junqueira Dieckmann.

Médico Psiquiatra: Luiz Henrique Junqueira Dieckmann
Psicóloga: Ana Merzel

Todos os direitos reservados para MegaTV – Edição Saúde
http://www.megatv.com.br/edicaosaude

Texto de chamada da Reportagem:

” Dados recentes da Organização Mundial de Saúde mostram que os casos de depressão multiplicam-se em todo o mundo. Só no Brasil já são 17 milhões de pessoas .
O Programa Edição Saúde apresenta uma reportagem sobre essa doença, que nem sempre é tratada e pode causar prejuízos importantes na qualidade de vida.
Muitas vezes, as pessoas confundem a depressão com uma simples alteração de humor, uma sensação transitória de tristeza ou até mesmo dificuldade em dormir.
Não é raro atribuir esses sinais a um estresse momentâneo, ou a um cansaço exagerado. Mas é importante identificar até que ponto esses sentimentos afetam as atividades do dia a dia como o trabalho, os relacionamentos interpessoais, a vontade de interagir com os acontecimentos do quotidiano e buscar ajuda.
Tivemos a oportunidade de conhecer a história da apresentadora de TV, Renata Del Bianco, que fez muito sucesso com a primeira versão da novela Chiquititas, mas depois que as atividades relacionadas com a fama terminaram, mergulhou numa tristeza profunda, e esteve em depressão. Ela conta como fez para se recuperar, e retomar a vida com alegria e disposição.
A pedagoga Rita Nagem também conta como enfrenta a depressão e como foi importante o apoio familiar , psiquiátrico e a atividade física.
Na segunda parte da nossa reportagem, uma abordagem sobre os vários níveis de depressão, os profissionais indicados para diagnóstico e tratamento, as particularidades dos medicamentos e efeitos colaterais, e a importância do apoio familiar para ajudar o paciente com depressão, a buscar formas de reagir a apatia da vida.
Você vai conhecer também a relação da doença com o histórico familiar, os gatilhos que podem levar à depressão, e quais os caminhos que a Medicina oferece para o paciente com depressão se sentir melhor, e ter uma vida saudável.”